26 4 / 2013

Há muito tempo não escrevo, mas agora ao me deitar, senti uma leveza, uma paz tão grande. Resolvi registrar pra não me deixar escapar.
Permaneça.

27 2 / 2013

"Não é muito o que eu tenho pra dar, mas dou tudo. E tomara que tudo o que tenho pra dar, seja igual a tudo o que você quer ganhar de mim"

22 12 / 2012

"

Minha sorte;

Trocou dos cabelos ao coração que existiam em mim. Acolheu minhas esperanças e desilusões. E eu nem mesmo agradeci. Era A mão que empurrava e puxava a realidade. É a mão que me segura. Ele cresceu na minha vida enquanto crescia ao meu coração, enquanto eu entendia. Este amor complicado é, de fato, amor. Perfeito como ele, em cada pontuação. Nos olhinhos que me brilham. No sorriso dos príncipes bonitos. Falaria ainda da voz, da força, do bom desenho do rosto. Mas fico mesmo com a doçura que nunca antes vi. Com a confiança da melhor companhia. A segurança de ter um abraço, mesmo sem merecer. Ele é meu imenso e insubstituível amor, que me derruba e levanta. Eu flutuo na ideia do pra sempre. E tenho fé. Em mim, nele. Deixo pra amanhã, esqueço os sapatos, por um singelo beijo. O beijo que eu esperei e procurei em tantos outros beijos. O que não falhou. Demorei, mas tenho a gigante certeza que muito valia trocar corações inteiros. Ainda vale, se o do moço não já estiver tão cansado. Aceito os termos. Quero viver os próximos pedaços da minha vida com ele. Quero viver os próximos pedaços da minha vida, com ele. Que viva comigo.

"

05 7 / 2012

O dia antes do ontem há 365 dias atrás.

http://nabalderramas.tumblr.com/post/7184043400/amanheceu-e-eu-deveria-estar-dormindo-mas-estes

Eu, que não sou boba nem nada, já escrevia sobre aquilo que eu, DE FATO, não sabia onde iria dar - mas que já sabia onde queria que desse. 

Cada doido com as suas manias, eu sigo daqui com a minha mania de datas. Não é que eu grave, eu apenas lembro.

É o meu jeitinho. 

03 7 / 2012

"Há um mundo dentro de mim. Alguns passeiam, outros olham, poucos moram."

A. Santos (via belmelgaco)

Poucos.

03 7 / 2012

"Delicadeza é a palavra mais bonita que conheço. Delicadeza no gesto, no olhar, no toque, no sentir, no agir. Delicadeza dançando solta na boca. E na vida."

Clarissa Corrêa   (via poesia-e-fe)

(Source: embriagar-se, via belmelgaco)

26 6 / 2012

Paixões.

Paixões.

12 5 / 2012

Não quero pedaço, dispenso a metade, não sei fazer expressão de falso contentamento. Tudo ou nada.

07 4 / 2012

"

Já não sei mais o que você disse, nem o que eu quis escutar.

Já não sei o que esqueço e o que quero lembrar.

"

04 3 / 2012

"Em apuros não estou só eu, estamos todos nós, meus caros. Romance é o que se persegue pelas esquinas, que foge à luz dos postes, e ele está bem. Em perigo estamos nós, nesse apuro que reside na nossa urgência em vivê-lo. Vivê-lo, mesmo que torto, inacabado, ferido, precipitado, errado, proibido, ou impossível. Vivê-lo de verdade, com intensidade e sem escudos. Como deve ser, e como inevitavelmente é, quando nosso coração nos dá aquela única e inevitável rasteira que nos faz quicar no chão."

Beeshop